Strobist: aprenda a misturar a luz ambiente com a luz do flash

Compartilhar

Expor separadamente duas luzes e saber como mistura-las é uma técnica complexa, conhecida como Strobist. Tal técnica depende do uso de 1 ou mais flashs disparados fora da câmera, geralmente com dispositivos chamados Radio Flash, que fazem a comunicação via wireless.

O Strobist proporciona uma estética muito mais profissional e impactante às fotografias, sendo por isso aconselhável que você o considere em toda sessão de fotos. Porém, exige do fotógrafo pleno domínio sobre todos os conhecimentos básicos vistos nas páginas de nosso curso, tais como abertura, tempo de exposição, iso e a relação entre eles, além de conhecimentos sobre flash, claro.

Como fazer?

Partindo do pressuposto de que você já possui os conhecimentos necessários, veremos a seguir como dominar o Strobist num exemplo prático.

1- Faça a fotometria do ambiente

Neste primeiro passo, faremos a fotometria do ambiente. Ignore, por enquanto, o resultado sobre a pessoa a ser fotografada e se preocupe somente com o ambiente. Configure ISOs baixos, defina uma abertura desejada e priorize, a partir de então, a ajustes sobre o tempo de exposição, na medida do possível. Lembre-se de respeitar a velocidade de sincronismo ou ativar o High Speed Sync – se disponível e se necessário.

Em locais com luz de fundo intensa ou contra luz a pessoa ficará muito escura, restando apenas uma silhueta. Ignore! Faça ajustes até que o fundo esteja bem exposto. Às vezes, um fundo levemente subexposto trará bons resultados finais.

1/100s, F9, ISO 100

No caso acima, você poderia achar o céu muito claro, alterando de 1/100s para 1/125s, ou de 1/100s para 1/60s caso ache que está muito escuro.

2- Flash de preenchimento

A partir deste ponto, o Flash entrará em ação. Defina uma distância até a pessoa e uma potência inicial, coloque os modificadores desejados (sombrinhas, softbox, etc) e faça um disparo de teste.

Se a exposição do flash sobre a pessoa não ficar boa, não tente alterar configurações na câmera ainda. Altere a potência do flash e experimente diferentes distâncias. Assim, você não se confunde no processo e evita ter que refazer o passo 1.

Se você tentar de tudo e mesmo assim a exposição sobre a pessoa estiver ruim, não haverá outra alternativa se não ajustar o ISO ou a abertura.

Neste momento, é de extrema importância destacar que:

  • ajustes no ISO e na abertura afetarão tanto a exposição do flash quanto a exposição da luz ambiente
  • ajustes no tempo de exposição afetarão somente a exposição da luz ambiente

Portanto, será necessário reajustar o tempo de exposição para compensar a mudança de exposição do fundo em consequência da mudança no ISO ou na abertura.

Observe a seguir o resultado final obtido:

3- Prossiga com a sessão de fotos

Daqui em diante, mantenha os ajustes encontrados e comece a disparar: procure ângulos, enquadramentos, dirija o modelo, se preocupe com as poses. Novos ajustes somente serão necessários caso haja mudança significativa da luz ambiente ou se sua criatividade implicar em mudanças de distância do flash, por exemplo.

É uma técnica complexa. Mas se você dominar os conhecimentos necessários e seguir estes passos, nunca encontrará dificuldades para expor separadamente as duas luzes e mistura-las na imagem final. Recomendamos a realização de ensaios experimentais até que o processo fique natural para você.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *