Profundidade de campo

Compartilhar

É comum que todo fotógrafo amador já tenha se perguntado algum dia: “Como faço para desfocar o fundo de uma foto?” O processo é bem simples, mas para quem não tem prática ou conhecimento, esta pergunta pode ser rotineira. Vamos então introduzir o assunto definindo o conceito do termo “Profundidade de campo”.

A profundidade de campo nada mais é do que o tamanho da área da cena que está nítida, dentro do plano de foco. O restante da cena que estiver fora dessa área estará, em maior ou menor grau, desfocado. Este desfoque se dá de forma gradual, ou seja, quanto mais longe um objeto estiver da área nítida, mais desfocado este estará.

Fazendo uma analogia para um melhor entendimento, imagine que você está de frente a uma parede invisível infinita em altura e em comprimento. Imagine que esta parede represente a área em foco: tudo que estiver dentro dela estará nítido, e tudo que estiver fora, quanto mais distante estiver dela (para frente ou para trás), mais desfocado ficará. A grossura desta parede será a profundidade de campo, ou seja.. quanto mais grossa ela for, maior a área da cena que estará dentro dela, nítida!

Agora pense no seguinte… essa parede sempre estará perpendicular em relação sua lente. Se você focar em um ponto e, em seguida, recompor a imagem inclinando a câmera alguns centímetros para algum lado, as regiões que estão em foco podem mudar, pois a parede irá também mudar de posição pra continuar perpendicular à câmera. Se a profundidade de campo for muito pequena, pequenas mudanças na posição da câmera podem fazer enorme diferença na imagem final!

Agora que já temos uma idéia do que é a profundidade de campo, podemos a seguir ver como controlá-la. Os 3 fatores que interferem diretamente nesse controle são: abertura do diafragma, distância focal e distância da câmera pro objeto fotografado.

1- Abertura do diafragma – Este é o fator mais conhecido. Controlando-se a abertura do diafragma, você estará controlando diretamente a profundidade de campo. Como sabemos, as aberturas são controladas a partir do ajuste do número F (quanto maior o número, mais fechada a abertura do diafragma, e vice-versa). Para controlar a profundidade de campo, basta saber que, quanto mais fechado maior será a área em foco, e em consequência, menos desfocado ficará o fundo. Ex.:

profundidade-campo

2- Distância focal – A distância focal, popularmente conhecida como “zoom” (empregado de forma errada por ser um termo com uma definição diferente da comumente conhecida), indica o campo de visão, ou seja, a aproximação que a lente fará. Sem entrar em detalhes técnicos, é indicada em milímetros, de forma que quanto maior a distância focal (mais milímetros), mais aproximação teremos e menor será a profundidade de campo.
Ex.: 2 fotos são tiradas de uma mesma pessoa com o mesmo enquadramento e a mesma abertura, porém usando distâncias focais distintas. Supondo que uma foi feita com 55mm e outra com 18mm, a foto feita em 55mm apresentará o fundo mais desfocado.

3- Distância da câmera pro objeto a ser fotografado – Outro fator importante no controle da profundidade de campo é a distância da câmera pro objeto fotografado. Quanto mais próximo a câmera estiver do objeto, menor será a área em foco, e vice-versa.

Ex.: 2 fotos em uma mesma abertura de F5.6 e com a mesma distância focal de 55mm são tiradas de uma mesma pessoa, mas a distâncias diferentes: uma só de busto, outra de corpo inteiro. Para compor a foto de busto, você teve que se aproximar mais da pessoa, e como consequência o fundo ficará mais desfocado se comparado com a foto de corpo inteiro.

A profundidade de campo final será um resultado da combinação destes 3 fatores. De um modo geral, se você ama desfoques intensos e deseja ter o fundo o mais desfocado possível, basta então:

-Usar a maior abertura de diafragma possível (menor número F possível);
-Usar a maior distância focal possível (lente com mais aproximação (mais milímetros);
-Ficar o mais próximo possível do objeto ou pessoa a ser fotografada.

Agora vá, pratique tudo que tenha aprendido e veja como você poderá, a partir de agora, controlar o resultado final de suas imagens!

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *